22.9.07

"Man is the controler of the universe"


Fui ver a exposição do Damián Ortega à galeria da DAAD e fiquei fascinada.
Só estavam duas obras em exposição: o Pico cansado e o Man is the controler of the universe.
A primeira já conhecia, ela viajou comigo. Vê-la exposta deu-me uma sensação estranha por aquela espécie de picareta haver estado no meio das minhas coisas e depois encontrá-la ali exposta naquela galeria.

O que me impressionou realmente foi a escultura Man is the controler of the universe.

O títilo desta escultura é uma referência ao mural que Diego Riviera, em 1933, pintou no Rockefeller Center. Este mural foi mandado destruir, antes ainda da sua conclusão, pelo próprio Nelson Rockefeller que o havia encomendado, porque Riviera pintou um retrato enorme do Lenin.
Este episódio da vida de Riviera está bem retratado no filme Frida, de Julie Taymor.


Durante o programa de residência atribuído pela DAAD
, Damián recolheu inúmeros serrotes, facas, serras, etc de vários "Flohmärkte" as famosíssimas feiras da ladra de Berlim.
Estes utensílios estão suspensos por fios de nylon vindos do tecto e no todo formam um globo com quatro entradas, semelhante uma bola de quejo cortada em cruz. No centro há um espaço vazio, onde nos podemos colocar e apontar em todas as direcções, como se fosse possível atingir qualquer alvo a partir daquele ponto.
Estando no centro da escultura senti que podia atacar, ferir ou controlar o que quisesse. Com ironia, Damián Ortega reforça-nos a falsa ideia da superioridade humana em relação ao universo.

1 comentário:

Lulylai e G. disse...

Muito Bom querida! Fico tão feliz de partilharmos o gosto pelas obras do Damian! :) Que a arte continue a nos juntar!